terça-feira, 16 de outubro de 2012

As leis mais absurdas do Brasil e do mundo

      Parece mentira, mas elas existem, sim. Algumas são leis muito antigas, que foram criadas para satisfazer uma determinada situação emergencial e passageira e que permanecem até hoje (com exceção das brasileiras, que talvez todas já tenham se extinguido), sem que ninguém tenha se dado ao trabalho de revogá-las. Veja só que loucura:


Bandeira    Na França

  • É proibido beijar alguém dentro de um trem. Dentro de um taxi ou de um ônibus, pode.
  • Botar o nome de Napoleão num porco. Num cachorro, não tem problema.
 

Bandeira    Na Alemanha

  • Uma almofada é considerada uma “arma passiva” (?)
  • É proibido andar de máscaras nas ruas.
 

Bandeira    Na Dinamarca

  • Tentar fugir de uma prisão não é ilegal.
  • É proibido pôr um veículo em marcha se houver alguém embaixo dele. Precisava de uma lei, para que se soubesse disso?
  • A água é grátis, nos restaurantes, mas, se estiver acompanhada de gelo ou uma rodela de limão, é paga.
 

Bandeira    Na Suécia

  • A prostituição é ilegal, mas usar os serviços de uma prostituta não. (??)
  • É proibido pintar sua casa sem permissão do governo.

Bandeira    Na Suiça

  • Se alguém esquecer as chaves do carro dentro do veículo e a porta travar, além do aborrecimento, recebe uma multa que deve ser paga na hora.
 

Bandeira    Na Noruega

  • Não é permitido castrar cães nem gatos.
  • Bebidas com mais de 4,75% de álcool não podem ser vendidas em época de eleições. Pelo jeito, se ela tiver 4,74% está liberado...
 

Bandeira    Na Finlandia

  • Os taxistas pagam direitos autorais se colocarem músicas dentro dos veículos com passageiros dentro.
 

Bandeira    Na Inglaterra

  • Em Liverpool, vendedoras de peixes podem fazer topless. Mas somente se forem peixes tropicais (?)
  • É expressamente proibido pescar salmão aos domingos. Talvez seja porque é dia de salmões irem à missa.
  • É ilegal ficar bêbado em companhia de uma vaca (?????)
 

Bandeira    Nos EUA

  • No Estado do Alabama: não se pode jogar dominó aos domingos; Andar com um bigode postiço que cause risos na igreja; Botar sal nos trilhos do trem pode resultar na pena de morte.
  • Em Nova York: é proibido passear com um picolé no bolso, mas só aos domingos; As mulheres podem praticar o “topless” em público sempre e quando não for com fins lucrativos.
  • Em Kentucky: cada pessoa deve tomar banho ao menos uma vez por ano; Nenhuma mulher deve aparecer em trajes de banho em nenhum aeroporto do Estado a menos que seja escoltada por dois policiais. Só nos aeroportos? Será que nas igrejas pode?
  • Em Atlanta: é proibido amarrar uma girafa a um poste ou a um sinal luminoso. Girafas andando pelas ruas devem ser bem comuns por lá..
  • Em Chicago: é terminantemente proibido comer num lugar onde esteja ocorrendo um incêndio. Certamente, antes desta lei, todos na cidade deviam comer no meio dos incêndios. Ou a região  é muito fria, ou eles gostam muito de churrasco por lá..
  • Em Columbia, Pensilvânia: É proibido cantar ao chuveiro; Pegar um peixe por outra parte do corpo que não seja pela boca; É proibido dormir numa geladeira. WTF?
  • Na Carolina do Norte: as brigas entre cães e gatos estão proibidas por decreto; Não é permitido usar elefantes para arar os campos de algodão; Enquanto se faz amor é necessário manter-se silencioso e com as janelas fechadas; Se um homem e uma mulher, que não sejam casados, se registrarem num motel como se fossem, estarão oficialmente casados a partir deste momento; É ilegal praticar sexo no pátio da igreja; O sexo oral é considerado crime contra a natureza (???)
  • Em Blythe, California: uma pessoa deve possuir pelo menos duas vacas para poder usar botas de cowboy em público.
  • Em Denver: é ilegal emprestar o aspirador de pó ao vizinho.
 
 
NO BRASIL
 
 Vejamos agora, algumas leis criadas em municípios do país da (in)justiça:
 
 
ABAIXO A CAMISINHA!
Decreto Municipal 82/97 (Bocaiúva do Sul, PR) - Nov/97
Preocupado com os baixos índices de natalidade em sua cidadezinha de 9 mil habitantes, o prefeito Élcio Berti proibiu a venda de camisinhas e anticoncepcionais. Tudo porque a prefeitura estava recebendo menos verbas do governo federal com o encolhimento da população. A maluquice gerou a maior gritaria e a lei teve de ser revogada 24 horas depois.
 
AEROPORTO ALIENÍGENA
Lei Municipal 1840/95 (Barra do Garças, MT) - Set/95
O então prefeito dessa cidade de 55 mil habitantes criou uma reserva para pouso de OVNIs com 5 hectares na serra do Roncador, tradicional reduto de ufólogos. Para azar dos ETs, o "discoporto" ainda não saiu do papel.
 
FOLIA COMPORTADA
Lei Municipal 1790/68 (São Luís, MA) - Mai/68
Na década de 60, o então prefeito Epitácio Cafeteira baixou o "código de posturas" do município. Entre outras coisas, ficou proibido o uso de máscaras em festas — exceto no Carnaval, ou com licença especial das autoridades. Para defender a medida (que virou letra morta), o prefeito argumentou que ela ajudava a "identificar bandidos".
 
PREGUIÇA ECOLÓGICA
Lei de Crimes Ambientais (Governo Federal) - Fev/98
A lei que regula as punições para os crimes contra a natureza tem um agravante estranho: a pena aumenta para crimes aos "domingos ou feriados". É o velho jeitinho brasileiro: com menos fiscais trabalhando nesses períodos, o governo elevou a pena para desestimular agressões ecológicas nas folgas da patrulha.
 
EM DEFEZA DO PURTUGUÊIS
Lei municipal 3306/97 (Pouso Alegre, MG) - Set/97
A lei aprovada pela Câmara Municipal multa em 500 reais os donos de outdoors com erros de ortografia, regência e concordância. Para banners e faixas, a multa é menor: 100 reais — e os infratores têm 30 dias para corrigir os deslizes. Em 1998, o prefeito do Guarujá se inspirou na cidade mineira e reproduziu a mesma lei na cidade do litoral paulista.
 
FRUTO PROIBIDO
"Lei da Melancia" (Rio Claro, SP) - 1894
A inofensiva melancia, quem diria, foi proibida em 1894 na cidade de Rio Claro, no interior de São Paulo. No fim do século 19, a fruta era acusada de ser agente transmissor de tifo e febre amarela, doenças epidêmicas na época. Com o tempo, a lei virou letra morta.
 
 

Reações:

3 comentários:

  1. Os políticos estão enganando a população com badulaques, da mesma maneira que os portugueses fizeram com os índios!

    Depois das alianças entre os partidos, todos os políticos se tornaram farinha do mesmo saco!

    Estas palhaçadas de greves, passeatas; e depois político criar leis e emendas que só o pobre é obrigado a respeitar, já vem de longas datas; e quais foram os benefícios que estas mazelas trouxeram para a sociedade?

    A população inocente pode fazer passeata, gastar sola de sapato, se sujeitar a levar borrachadas no lombo, pimenta na cara, ou apanhar feito cabrito na horta, que de nada adianta!

    Enquanto não tiver fim à lei de imunidade, e o foru privilegiado, as corrupções vão continuar de vento em popa, e as conseqüências, serão as faltas de verbas para as necessidades básicas desta sociedade, e o aumento da miséria, da violência e da criminalidade!

    Os políticos e os juízes corruptos estão carecas de saber, que os privilégios de imunidade e foru privilegiado, estão na contra mão de direção de uma verdadeira democracia e justiça social, mas não querem abrir mão destes seus privilégios!

    Enquanto a mídia sensacionalista e vendida não divulgar estes absurdos, as corrupções persistirão; e as cadeias continuarão superlotadas, mas só de pobres, sem poder aquisitivo, sem eira nem beira!
    Ao invés de buscar privilégios de classes, vamos nos unir e lutar por justiça social, pois devido a estes desentendimentos, o Brasil esta parecendo a Torre de Babel, ninguém se entende!
    E as marchas da pouca vergonha, dos denominados ninjas e das vadias, nos faz recordar Sodoma e Gomora

    Abaixo assinado pelo fim da imunidade:>http://www.peticaopublica.com.br/?pi=Janciron
    ESTE É O PRIMEIRO PASSO PARA TERMOS UM PAÍS DEMOCRÁTICO, COM DIREITOS IGUAIS E JUSTIÇA SOCIAL!

    Os que negarem estes fatos, ou são corruptos, ou estão a serviço dos corruptos.

    ResponderExcluir
  2. Não estou de acordo com a lei Francesa. Moro aqui há 7anos e todo mundo se beija no trem, no taxi, na rua...Estão muito mal informados!

    ResponderExcluir
  3. A educação começa em casa. Os corruptos têm ou tiveram pai e mãe. Ninguém precisa obedecer letras mortas. Será que precisa mesmo de lei para proibir o furto, o roubo, o assassinato, a testemunha falsa, a mentira, e tantas outras coisas que todo mundo sabe que é errado. O que precisa é de lei para obrigar os políticos a terem vergonha na cara; Parágrafo único: REVOGAM-SE OS DISPOSITIVOS EM CONTRÁRIO!!!

    ResponderExcluir